Banner-Site-fw-fw

Kaguya-Sama: Love is War




O fenômeno da última temporada. Seria essa uma das melhores comédias dos últimos tempos?

Olá, Starters!

Tudo bem com vocês? Espero que sim! Então vamos a nossa segunda postagem!

Kaguya-Sama: Love is war, ou Kaguya-sama wa Kokurasetai: Tensai-tachi no Renai Zunousen no idioma nipônico, é uma obra de comédia romântica criada pela autora (ou autor) Aka Akasaka em formato de mangá em 2015, que posteriormente recebeu uma adaptação para anime na última temporada de Inverno (Abril 2019). E exatamente do anime que será baseada essa análise/crítica/review.

  • Título Original: Kaguya-sama wa Kokurasetai: Tensai-tachi no Renai Zunousen
  • Diretor: Mamoru Hatakeyama
  • Estúdio: A-1 Pictures
  • Gênero: Comédia, Romance, Escolar
  • Data de Lançamento: 12 de Janeiro de 2019
  • Episódios: 12
  • Temporadas: 1

 

 

Sinopse

Considerado um gênio por possuir as maiores notas do país, Miyuki Shirogane é o presidente do grêmio estudantil da prestigiosa escola Shuchiin, trabalhando junto com a bela e rica vice-presidente Kaguya Shinomiya. Os dois são considerados como o casal perfeito entre os estudantes da Shuchiin, apesar de que eles não estejam em um relacionamento amoroso.
Contudo, depois de passar tanto tempo juntos, os dois acabaram se apaixonando. Infelizmente, nenhum dos dois está disposto em admitir seus sentimentos e confessar para o outro. Já que ambos enxergam isso como um sinal de fraqueza. Agarrando-se ao orgulho e transformando o amor em um campo de batalha, os dois se dedicam em bolar estratégias para fazer o outro confessar seu amor primeiro.



Sobre a História

Vou ser honesto, esse anime “me comprou” logo nos primeiros segundos. A primeira coisa ao se reparar na obra é o narrador. Ele é peça fundamental da história, além de ser responsável por diversos momentos cômicos, coisa que nos poucos capítulos do mangá que li, não consegui sentir, talvez por não ter o mesmo tipo de imersão.


Voltando a história, por ser um anime sem muito compromisso, principalmente devido ao tema, não é válido julgar desenvolvimento de personagens e um enredo envolvente, pois isto não ocorre, e nem precisa. Os personagens já são muito bem apresentados e trabalhados aos espectadores/leitores. É IMPOSSÍVEL você não sentir nenhum tipo de empatia por ao menos um personagem (a não ser que você não tenha sentimentos, ai tudo bem). A história, é basicamente o cotidiano deles na escola, e também em outras situações/localidades. Assim vamos conhecendo mais sobre todos eles, e é assim que a obra acaba conquistando a maioria das pessoas. Por sua comédia e romance sinceros e bem construídos. Um “feijão com arroz” muito bem feito.



Personagens

Além do Narrador, temos obviamente os protagonistas e personagens principais. Abaixo mais detalhes:

Kaguya Shinomiya – Herdeira da poderosa família Shinomiya. É a garota perfeita adorada por todos. Tem excelentes notas, comportamento de uma verdadeira dama, e uma simpatia inigualável . Entretanto, isso tem um preço. Sua liberdade é extremamente limitada devido a sua posição de importância na família, por isso carece de amigos verdadeiros, contando principalmente com sua emprega dedicada, Ai, e Chika, sua amiga desde a infância.


Miyuki Shirogane – O gênio do colégio. Sua inteligência assustadora, lhe concedeu uma bolsa integral ao colégio Shuchiin, e aliando seu espírito de liderança e carisma. também alcançou a posição de presidente do conselho. Vem de uma família muito humilde, por isso é muito esforçado seja na escola ou fora dela, conciliando trabalhos de meio período com seus estudos, até mesmo nas férias.



Chika Fujiwara – Secretária do conselho estudantil. É a melhor amiga de Kaguya desde a infância. É extremamente alegre e brincalhona, irradiando felicidade por onde passa. Por curiosidade, Chika não é uma pessoa estudiosa. Provavelmente é a personagem mais popular e carismática da obra toda, principalmente devido a um encerramento especial.




Yu Ishigami – Tesoureiro do conselho. É o gênio da Matemática, superando até mesmo o presidente. Yu aparentemente tem uma aparência mais fria, mas é uma pessoa de bom coração que não deseja mal a ninguém. Entretanto, seu comportamento normalmente lhe trás muitos problemas, já que acaba falando/agindo sem pensar adequadamente.




Ai Hayasaka – Empregada dedicada de Kaguya desde criança, e uma das suas pessoas de confiança. Não me esforços para ajudar Kaguya em que assunto for, principalmente no seu amor com Miyuki. Ai, tem a mesma idade de Kaguya, e no colégio onde estuda é considerada uma Gal (Gyaru), possuindo praticamente duas personalidades.




Com esse belo resumo dos personagens, eu posso reafirmar o que disse mais acima sobre os personagens. É IMPOSSÍVEL você não ter empatia e sentir o carisma de pelo menos um deles. Todos os cinco são extremamente bem construídos, e em um anime de comédia romântica isso é essencial.



Animação

Outro ponto EXTREMAMENTE positivo e que se destaca assustadoramente é a animação. A responsabilidade ficou para o estúdio A-1 Pictures (o mesmo de Sword Art Online) para animação, e eles não desapontaram nem um pouco. Pelo contrário. Considerando que é um anime de comédia romântica, animações não são muito exigidas nesse tipo de obra, mas mesmo assim o estúdio foi capaz de entregar algo bem acima do esperado. Personagens com excelentes traços, cenários muito bem feitos (alguns deslumbrantes, dependendo do episódio). A cereja do bolo fica para o final do episódio 3. A animação feita foi tão ABSURDA, tão impressionante, que virou uma febre mundial. Em questão de horas a cena de encerramento já era assunto em diversos blogs, sites, vídeos, e até mesmo aqueles que não veem animes ficaram impressionados com a quantidade de detalhes aplicados. Isso sim que é marketing amigos!

Abaixo o vídeo do encerramento 3.





Trilha Sonora, Abertura e Encerramento

Logo lhes adianto: Os destaques absolutos ficam para abertura e principalmente para o encerramento do episódio 3 (que vocês puderam ouvir no vídeo acima). A música de abertura foi feita especialmente para o anime (assim como muitos outros), mas ele teve o cuidado especial de “casar” perfeitamente. O nome dado foi “Love Dramatic” de Masayuki Suzuki, que segue o estilo…. bem, vejam o vídeo abaixo e me digam que estilo seria esse.


A trilha sonora também foi MUITO bem trabalhada. Principalmente nos momentos mais de drama e romance. Mas eu diria que ela foi bastante “ofuscada” com o destaque do encerramento do episódio 3, mas isso não tira seus méritos.



Conclusão

Kaguya-Sama é uma obra obrigatória a um bom fã de anime e/ou mangá, e principalmente os que gostam do gênero comédia romântica, e deve ficar de exemplo para as futuras que ainda virão. O carisma passado pelos personagens, as boas risadas, fazem valer MUITO a pena, e acaba que os 12 episódios são pouco e fica aquele gosto de quero mais após assistir todos. O ponto “negativo” (reparem nas aspas, por favor) talvez fique para o romance, que por mais que também exista e seja bem desenvolvido, fica aquém do esperado. Isso é justificável uma vez que a obra ainda está em andamento, então ainda teremos muita história para acontecer.
Bem, enquanto não temos uma nova temporada, o jeito é acompanhar o mangá.



Nota: 4,5 / 5,0

Você sabia?

O estúdio A-1 Pictures é um estúdio relativamente famoso, sendo responsável por adaptar outras obras famosas aqui no Ocidente, como Sword Art Online e Fairy Tail.
O diretor Mamoru Hatakeyama também foi responsável pelos animes de Sankarea (2012) e Record of Grancrest War (2018). 


Bônus


Um pack de GIFs para quem gosta.
















Até a próxima!




Postar um comentário

0 Comentários