Banner-Site-fw-fw

Especial Spooktober: Lugares Mal-Assombrados no Brasil - Parte 2




Olá, Starters!

Tudo bem com vocês?

Estão conseguindo dormir à noite com nossos especiais de Halloween? Espero que sim. Dando continuidade a nossa série que se propõe a apresentar histórias de locais mal-assombrados no Brasil (caso tenham perdido, a primeira parte já está disponível aqui), de Minas Gerais vamos até Salvador para conhecer o misterioso Solar das Setes Mortes, uma das construções mais antigas da cidade e conhecer os terríveis assassinatos que foram cometidos em suas dependências ao longo dos anos.

Localizada no coração de Salvador, a Casa das Sete Mortes sempre foi cercada de muitos mistérios que já se iniciam com relação a data da construção: Não se sabe exatamente quando ou por quem foi construída, mas em estudos realizados na dependência, conclui-se que ela foi  erguida no início do século XVII (entre 1600 e 1605) por possuir traços de estilo português, espanhol e árabe, muito dominantes da época. A casa também aparece em mapas muito antigos que retratam o centro da cidade, fato confirmado por um pesquisador e ceramista que estudou os azulejos presentes na casa e concluiu que de fato são do início do século. A construção, como algo muito comum para época, possui inúmeros cômodos, passagens secretas, áreas de serviço e corredores, sempre com muitas portas e janelas para entrada de luz natural e circulação de ar. 

Existem inúmeros relatos e diversas versões para os assassinatos que ocorreram na casa. O primeiro deles não possui nenhuma prova e muitos moradores locais acreditam ser apenas uma lenda urbana local. Sendo invenção ou não, a primeira história macabra narra o assassinato de uma família inteira por uma das escravas. A família era muito rica e possuíam diversos escravos para manterem o casarão em funcionamento, no entanto, eles eram expostos a condições terríveis de trabalho, passavam fome, sede e não tinham onde dormir. Então, uma escrava cansada dos maus-tratos envenena o jantar que seria servido para a família, matando assim o pai, a mãe e seus três filhos. A escrava por medo da punição, se envenena logo depois.



Como disse, não existe nenhum documento que comprove esse primeiro assassinato, no entanto, a casa foi fechada pelo Governo e passou por uma série de reformas, se tornando anos depois a residência paroquial do Padre Manuel de Almeida Pereira. Mais uma vez, a história do período em que o Padre viveu na Casa das Setes Mortes é confusa e possuem inúmeras versões. A primeira delas, contadas pelos moradores mais antigos, é de que o Padre vivia na casa com um criado e dois escravos. Em uma súbita noite, eles foram brutalmente assassinados, sem motivo aparente. Até hoje não se sabe o que levou o assassinato dos moradores ou quem foi o responsável. Uma outra versão, já um pouco mais detalhada, é de que o Padre vivia com o criado e seus escravos, no entanto, o padre abusava constantemente dos escravos, tendo seu criado como cúmplice. Os dois escravos já fartos dos abusos, envenenam o padre e o criado, tirando suas próprias vidas com uma espingarda que pertencia ao criado. 



Novamente a casa foi fechada, até que no início do século XX, a casa foi tombada pela secretaria do Estado como patrimônio histórico e cultural de Salvador. A casa então passou por obras de restauração de suas características originais e foi reaberta em 1943, onde agora são ministrados cursos de história, arquitetura e artesanato. O Solar das Setes Mortes também está aberta para a visitação do público e é uma das maiores atrações do centro de Salvador, no entanto, pessoas que moram próxima a casa relatam que à noite, após o término do expediente e das visitações, é possível ouvir portas batendo, sons de gritos e gemidos e arrastar de correntes e grilhões, além de súbitas aparições nas inúmeras janelas que compõem a construção. É de arrepiar, não? 

Quem gostaria de conhecer O Solar das Setes Mortes?

Espero que estejam gostando desse especial de arrepiar e não se esqueçam de contar aqui pra gente nos comentários se você já foi ou tem vontade de conhecer. Caso conheçam também algum local assombrado que queiram ver aqui no site, é só nos avisar.

Durmam com a luz acesa e até a próxima.






Postar um comentário

0 Comentários